Famosas ladainhas da Capoeira

Tira essa magoa do peito
E esse nó da garganta
Quem planta amor nessa vida
Só pode colher esperança

Vou jogando capoeira
Ouvindo o mestre falar
Deixa fluir os fundamentos
Camaleão incorporar

Olho pro céu sem estrelas
O por do sol sem brilhar
É o mesmo que aqui na terra
Eu sem poder lhe acompanhar

Trago de bobo comigo
Só a cara e o andar
Bicho solto do cerrado
Eu já nasci capoeira


Iê!Eu vou ler o bê-a-ba

O bê-a-ba do berimbau

A cabaça e o caxixí

Colega velho, e um pedaço de pau

A moeda e o arame

Colega velho, aí está o berimbau

Berimbau é um instrumento

tocado numa corda só

Pra tocar São Bento Grande

Colega velho, toca Angola em do maior

Agora acabei de crer

Colega velho, berimbau é o maior

Camaradinha…

Iê viva meu Deus


Mandei dizer
Pro meu amor
Um dia eu volto morena
Pra te buscar
Hoje eu saio bem cedinho
Na mão levo um berimbau
No meu peito a capoeira
O mundo pra conquistar
Sou caminhador

Gira mundo sopra o vento
Me leva pra Lá e pra Cá
Só não sai do pensamento
A vontade de lutar
Sou caminhador

Pássaro que sai do ninho
Que não ver mais pai nem mãe
Em busca de outros caminhos
Nem por isso cai no chão
Sou caminhador

A capoeira é quem me leva
Eu sigo pela estrada
Já não temo vento forte
Chavaceira ou trovoada
Sou caminhador

Espera só um pouquinho
Prometo não demorar
Quando ouvir meu berimbau
Abra a porta pra eu entrar
Sou caminhador


O dia que o berimbau chorou

No dia em que a capoeira sofreu

Foi quando falaram que Bimba

Mestre da Bahia morreu

 

(coro)o dia que o berimbau…

 

O dia que o berimbau chorou

No dia em que a capoeira sofreu

Foi quando falaram que Bimba

Mestre da Bahia morreu

 

(coro)o dia que o berimbau…

 

Saiu da Bahia

Pra dar aula em Goiás

Levando na memória

Só a lembrança de seus pais

Em 5 de fevereiro

Toda a Bahia sofreu

Ao saber que Mestre Bimba

Em Goiânia faleceu

 

(coro)o dia que o berimbau…

 

Não dá pra entender

Como isso pôde acontecer

O Mestre sair da Bahia

Pra em Goiânia viver

Vendeu sua academia

No nordeste de Amaralina

Lugar onde acontecia

Batizado e formatura

 

(coro)o dia que o berimbau…

 

O destino foi cruel

Pra Manoel dos Reis Machado

Ajudou a capoeira

Por muitos não foi respeitado

Longe de sua terra

Morreu triste amargurado

Também muito arrependido

Por ter num aluno confiado

(coro)o dia que o berimbau…


Que navio é esse
que chegou agora
é o navio negreiro
com os escravos de Angola
vem gente de Cambinda
Benguela e Luanda
eles vinham acorrentados
pra trabalhar nessas bandas
Que navio é esse
que chegou agora
é o navio negreiro
com os escravos de Angola
aqui chegando não perderam a sua fé
criaram o samba
a capoeira e o candomblé
Que navio é esse
que chegou agora
é o navio negreiro
com os escravos de Angola
acorrentados no porão do navio
muitos morreram de banzo e de frio